half banner
Eventos
feed   Você está em: Eventos de Exposição
A+ | a-
Arte Indígena em Vidro
Livre
Publicado em: 09/11/2017 pela equipe do Brasília Web

Arte Indígena em Vidro

Exposição inédita de Suzana Dourado conecta referências de etnias que vivem na região dos rios Araguaia e Tocantins com a técnica veneziana da fusão vítrea.

   

Local: Casa Thomas Jefferson
Data: de 10/11/2017 a 16/12/2017

O calor do fogo, as cores da simbologia indígena e a fusão de culturas, conceitos, mundos. A artista plástica Suzana Dourado propõe um elo. Por suas mãos, vidro refugado se transfigura em obra de arte, conecta a história de povos indígenas do Brasil com a dos mestres vidreiros da Itália, que resguardam, em Veneza, o ofício milenar de esculpir material vítreo. Suzana produziu, em 2017, uma série de peças que reverenciam a expressão e a singularidade de etnias que habitam as margens do Araguaia e do Tocantins, rios que cortam o Centro-Oeste, Norte e Nordeste brasileiro, e a tradição dos artesãos italianos de Murano. O brasiliense poderá apreciar o resultado na exposição Arte Indígena em Vidro. A coletânea de 50 peças – 30 caçarolas de vidro com design e simbologia indígena e 20 artefatos femininos - fica na Galeria de Arte da CTJ Hall – Casa Thomas Jefferson da 706/906 Sul – de 10 de novembro a 16 de dezembro.

Suzana Dourado enxerga o vidro como matéria-prima há mais de 15 anos. A paixão pelo produto fez com que a artista mergulhasse em um novo universo. Formada em Belas Artes pela Universidade Federal de Goiás (UFG), no começo da carreira, ela trabalhava principalmente com pintura em tela e painéis. “O vidro exige paciência, pesquisa, imersão. Utilizo uma técnica milenar, mas todo vidreiro tem seus segredos. O colorido da peça é milimetricamente pensado e o resultado sempre surpreende”, revela.

A matéria prima da arte de Suzana é adquirida, principalmente, em descartes de construção. Pelo processo artesanal da técnica de glass fusing, a transformação vai, aos poucos, se concretizando com a ajuda de outros elementos que trazem cor e formas ao trabalho que hoje é reconhecido Brasil afora. Para a artista, as peças da mostra Arte Indígena em Vidro revelam a junção de dois mundos diferenciados em técnicas e vivências. “Mesmo com identidades tão singulares, as manifestações culturais indígenas e veneziana se aproximam em conceito e tradição. As obras dessa mostra as unem”, observa. A ideia é somar a expressão e o design de cada uma. “Sem, é claro, perder as características básicas. Eu busquei apresentar uma releitura da arte indígena entalhada no vidro. Estou muito feliz em conseguir fundir a arte de duas culturas que resistem ao tempo”, acrescenta.

A artista

Nascida em São Paulo, Suzana Dourado mudou-se no começo da adolescência para Goiás. Nas andanças da vida, morou também no Pará, no Tocantins, em Portugal e nos Estados Unidos. O primeiro prêmio por seu trabalho artístico ela ganhou aos 10 anos, no Liceu Pasteur da capital paulista, pela pintura de uma arara. Até alguns anos atrás trabalhava, principalmente, com pintura em tela e em madeira. Em trabalho de pesquisa, retratou na pintura, os peixes da bacia Araguaia – Tocantins, considerados em extinção. Após uma viagem à Itália, se apaixonou pela técnica glass fusing, resolvendo investir na arte do vidro. Na carreira vieram participações em exposições nacionais e internacionais de arte, com premiações em pintura. É instrutora e capacitadora em projetos de reciclagem de vidro. Foi finalista no Movimento Hotspot, prêmio de inovação e criatividade de diversas categorias de arte, entre elas o design, e suas peças viajaram pelo país. Suzana desenvolve e produz arte com vidro reciclado.

ARTE INDÍGENA EM VIDRO

Quando: de 10 de novembro a 16 de dezembro
Visitação: Segunda a sexta-feira, das 9h às 21h. Sábado, das 9h às 12h
Local: Galeria de Arte Casa Thomas Jefferson Hall - SEP 706/906 Sul
Mais informações para o público: http://thomas.org.br/eventos/

Fonte: Márcia Neri - Coordenadora de Conteúdo da DGBB Assessoria de Imprensa
SERVIÇOS

Local: Casa Thomas Jefferson
Endereço: SEP Sul EQ.706 /906, conjunto B. - Brasília
Telefone do Local: ---
Data: de 10/11/2017 a 16/12/2017
Ponto(s) de Venda(s):
Entrada livre e gratuita
Valor dos Ingressos:
Entrada livre e gratuita



ultimas
Desenvolvido por: Logo PortalBSB © 2000/2017 - Portal BSB Soluções em Internet | Certificado de Acessibilidade validado pela W3C na modalidade máxima WAI-AAAA e WCAG 1.0 | Certificado de Acessibilidade do código CSS validado pela W3C | Certificado de Acessibilidade validado pelo Acesso Brasil